quinta-feira, 10 de março de 2011

arqueologia da cor 1






poesia: tesão teu nome
transforma ritual & gesto
não presto porque te amo
te amo porque não presto

Nenhum comentário:

Postar um comentário